Dia de São João

O Dia de São João vai cair em 2019 na segunda-feira, 24 de junho e suas festividades no Brasil são muito populares de Norte a Sul. São João Batista, na tradição católica, é a figura bíblica que anuncia a chegada de Jesus e o batiza, sendo o portador do que os católicos chamam de boa nova. Se porta uma boa notícia, as festas em sua homenagem são, portanto, ocasiões festivas. As festas de São João têm música, dança, comida, bebida e até um casamento encenado, às vezes realizado com noivos reais.

São também expressão genuína da cultura do Brasil rural e revelam vários elementos arquetípicos dessa sociedade. Como ocasião social, o casamento tem um padre, o arquétipo do poder divino, este ao lado do coronel local, representando o poder civil e terreno, a autoridade máxima do lugarejo do interior, que não é muito diferente em comportamento de um genuíno senhor feudal europeu. Sua filha apaixonada e grávida no papel de noiva representa o arquétipo feminino, relegado nessa sociedade a um papel servil, para quem o casamento e a maternidade são a máxima realização pessoal.

Além disso, há o noivo, que representa o homem comum e que provavelmente não seria aceito como pretendente sem que tivesse engravidado a mulher com quem está prestes a se casar. Mas eles se casam. A filha do coronel tem um marido e um filho, a união é abençoada pela Igreja, o coronel não pode reclamar de ter a alegria da filha casada, feliz estar com o homem que ama e com um neto a caminho. Uma celebração que carrega os valores e ideais do catolicismo do Brasil rural.

Imagem: Cidade cenográfica do São João de Campina Grande, Paraíba, Brasil @Kyller Costa Gorgônio